sexta-feira, 5 de junho de 2015

Deuses de Dois Mundos Livro da Traição - Exclusivo para o Literatura de Cabeça


Deuses de Dois Mundos - Livro da Traição

www.literaturadecabeca.com.br

Primeiramente, estou carregando um caminhão nas costas por substituir o Mito Danilo Barbosa nas duas últimas resenhas de Deuses de Dois Mundos. Já peço minhas sinceras desculpas se não conseguir alcançar o seu nível, mas  prometo que vou me esforçar.

No segundo livro da série, ainda sob a ótica do mundo machista, vemos Newton - que prefere ser chamado de New - e é como acaba sendo adotado carinhosamente por todos os leitores, expor toda a sua história. Novos  e fortes personagens são apresentados e os caminhos que esse livro segue são bem diferentes do imaginado para uma continuação.
Em suas conversas com Laroiê (Exu) por e-mail, ele conta como conseguiu toda a sua ascensão profissional e financeira, utilizando-se de meios nada ortodoxos e encoberto por uma seita “new age” presidida por Pilar.  Esta seita, que na verdade esconde um jogo de poder, faz com que New tenha toda a sua ascensão e seu reconhecimento em troca de favores nada louváveis. Mas o principal New deixa de fazer, suas visitas à Orum. Mas nem tudo são flores, ele mostra claramente seu receio em estar nesse meio que pode ser sua salvação ou sua morte.
Já no mundo dos Deuses, Orunmilá ainda continua sua busca pelos Príncipes Odus, para devolver o poder para Ifá e impedindo que o poder do controle do destino caia nas mãos erradas. Neste caso, leia as Bruxas de Iá Mi Oxorongá. Mas não é só essa batalha que é travada por Orumilá, ter que lidar com egos e problemas dos seus comandados, passa a ser um empecilho para que a missão transcorra mais rápido. Há uma grande perda no grupo. Haverá uma quebra. Será que Orumilá terminará sua missão importante?

Uma traição é o tema principal do livro. Às vezes ela está bem visível às vezes não.  Quem traiu? Quem foi traído? A cada página o leitor entra no enredo. As consequências dessas atitudes podem ser catastróficas para os dois mundos.